Filme Brasiliense selecionado para o Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo tem estreia especial no Cine Brasília

Filme Brasiliense selecionado para o Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo tem estreia especial no Cine Brasília

CRESPOS, de Paulo Igor de Almeida Freitas, será exibido nesta quinta (17) na melhor sala de cinema da cidade. Curta-metragem é resultado de oficina de formação do olhar do Lobo Fest – Festival Internacional de Filmes Curtíssimos.

Resultado da oficina Formação do Olhar, do Lobo Fest – Festival Internacional de Filmes Curtíssimos, o curta-metragem brasiliense CRESPOS, de Paulo Igor de Almeida Freitas, foi selecionado para o 28º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo, que ocorrerá entre os dias 23 de agosto a 03 de setembro de 2017. O público brasiliense terá a chance de assistir ao filme nesta quinta-feira (17), às 18h10, no Cine Brasília, antes da exibição do longa-metragem O Filme da Minha Vida, de Selton Mello. O ingresso custa R$ 6 (meia entrada).

CRESPOS narra a história de Lisa, uma garota do ensino médio que mudou completamente seu estilo apenas para ser aceita pelas amigas, que seguem o padrão de beleza imposto pela sociedade. Certo dia, ela vê Gabriela sofrendo bullying por ter cabelos crespos. Sensibilizada, Lisa decide ajudar a colega.

O filme foi realizado durante a Oficina Formação do Olhar, promovida pelo LOBO FEST, Festival Internacional de Filmes Curtíssimos, voltada para alunos do Ensino Médio das Escolas Públicas do DF.

Serviço:

Estréia do curta-metragem Crespos, de Paulo Igor de Almeida Freitas
Dia 17 de agosto (quinta-feira), às 18h10
Local: Cine Brasília (EQS 106/ 107)
Ingresso: R$ 6 (meia)
Telefone: (61) 3244-1660

Cineasta e educador francês Karim Bensalah realiza o curso “Cinema e Educação”, voltado para formação de professores da rede pública de ensino do DF

Cineasta e educador francês Karim Bensalah realiza o curso “Cinema e Educação”, voltado para formação de professores da rede pública de ensino do DF

O Lobo Fest – 9ª edição do Festival Internacional de Filmes Curtíssimos, em parceria com o Serviço Audiovisual da Embaixada da França, o Instituto Francês do Brasil e o Centro Nacional de Cinematografia da França (CNC), e com apoio do da Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI) e Instituto Federal de Brasília (IFB), promovem um curso de formação voltado para professores sobre Educação Audiovisual com o professor, cineasta e roteirista francês Karim Bensalah. O Lobo Fest é patrocinado pelo FAC – Fundo de Apoio à Cultura da Secretaria de Cultura do Distrito Federal.

O curso Cinema e Educação será realizado nos dias 21 e 22 de agosto (segunda e terça-feira, nos períodos da manhã e da tarde) no Instituto Federal de Brasília – Campus Asa Norte.

Poderão participar professores da Rede Pública de Ensino que trabalham com alunos de 6 a 18 anos (no máximo 1º ano de universidade). A ideia é capacitá-los a fim de desenvolver atividades de audiovisual em sala de aula. O curso inclui os conceitos de cinema, de filmes e instruções de como montar um cineclube para crianças e adolescentes.

O curso oferece um kit pedagógico criado pelo CNC que inclui a liberação de uso de nove filmes franceses de vários gêneros e anos, legendados em português, e fichas pedagógicas para professores, e fichas para alunos (em português).

Karim Bensalah orientará os professores para a utilização dos kits, cujos métodos valem também para análise de filmes que não são franceses. Antes, porém, ele dará noções teóricas sobre a realização cinematográfica, incluindo as fases de roteiro, filmagem, montagem, seguida de um ateliê prático com a realização e montagem de uma cena. Por fim, o curso oferece também métodos de como trabalhar com os alunos as temáticas abordadas nos filmes.

Com quatro longas-metragens e sete curtas, Karim Bensalah é roteirista, diretor, ator e formador (experiência com vários tipos de públicos – idades, origem social e cultural). É formado pela London Film School, pelo Conservatoire d’art dramatique du 14e arrdt de Paris, pela Ecole du jeu.

Cinema e Educação – formação para professores
Dias: 21 e 22 de agosto de 2017 (segunda e terça-feira, manhã e tarde)
Local: Instituto Federal de Brasília – Campus Asa Norte
Grupo: 40 pessoas.
Inscrições

Conheça os vencedores do festival, anunciados na noite de 22 de abril

Conheça os vencedores do festival, anunciados na noite de 22 de abril

Os curtíssimos brasileiros em competição em 2017 foram escolhidos dentre 450 inscritos de 12 estados brasileiros e do Distrito Federal. O júri oficial foi formado pelo diretor Cristiano Sousa, pelo animador Sávio Leite, pela diretora e produtora Paloma Rocha e pela animadora Márcia Roth. O Melhor Curtíssimo de Brasília foi escolhido pelo júri jovem, formado por Hanna Braga Franco, Tauan Alencar, Graziele Caetano Pinheiro, Waynner Carvalho e Klevis Eduardo, todos estudantes que participaram da oficina Formação do Olhar, em 2015. Os curtíssimos contemplados receberam troféus – desenvolvidos pelo artista plástico Miguel Simão – e o inventivo de R$ 600. 

Melhor Curtíssimo de Brasília:
“Fuga”, direção de Eduardo Roscoe.

Prêmio Originalidade:
“Carta a Sokurov”, direção de Rodrigo Freitas.

Melhor Curtíssimo Nacional de Animação:
“Dinossauro Rex”, direção dos Alunos da 4ª série da EMEF – Espírito Santo.

Melhor Curtíssimo Nacional:
“Jornal também é patrimônio”, direção de Mariana Borges.

Melhor Curtíssimo Nacional – Júri Popular:
“Marcellas – Fósforos de qualidade”, dirigido por Marcella Furtado, Regina Resende Barbosa, Silvano José de Faria Júnior e Tomás Gabbo Lopes.